Brinquedoteca – Projeto inserido nos CRAS tem mudado positivamente o comportamento de crianças

Incentivar o ato de brincar e fazer dessa atividade uma forma de inserção social é o objetivo do projeto Brinquedoteca. Inserida nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS), a iniciativa atende 64 crianças com idade entre 5 e 12 anos, que participam das brincadeiras.Uma confraternização natalina  realizada no Abrigo dos Correios marcou o dia da criançada com a chegada do Papai Noel, entrega de presentes e apresentação de teatro. O secretário da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Luis Eduardo Peixoto, responsável pelos CRAS do município, esclareceu que o objetivo da Brinquedoteca é identificar e envolver a criança e toda família em um conceito de comunidade. “Desta forma, descobrimos onde existe o problema e temos a oportunidade de ajudá-las.”.

Patrícia Santos Pereira Hang é mãe de seis garotos. Destes, dois participam das atividades da Brinquedoteca: Leandro Henrique, de sete anos e Jean dos Santos, de seis. Patrícia conta que o comportamento de Leandro mudou desde que o menino começou a fazer parte das atividades. “Ele não brincava com outras crianças, não gostava de dividir as coisas que tinha. Era agressivo com os irmãos e com as pessoas, mas depois que passou a frequentar as atividades na Brinquedoteca, tudo mudou para melhor. Agora ele é uma criança mais feliz”, contou.

Coordenadora do projeto, Alexandra Rangel explica que as brincadeiras trabalham valores como aceitação, comportamento, responsabilidades, entre outros. “Identificamos através das brincadeiras os problemas enfrentados pelas crianças e por suas famílias. Diferente dos adultos, elas não costumam falar o que estão sentindo, mas demonstram seus problemas através de desenhos e do comportamento”, informou.

Os CRAS que contam com a Brinquedoteca são os dos bairros Quitandinha, Independência, Estrada da Saudade, Retiro, Vale do Carangola e Posse. Além destes, ainda há o de Itaipava e Centro, totalizando oito em todo município. Juntos, atendem mensalmente 1607 pessoas/famílias, oferecendo serviços como o acompanhamento psicossocial, visitas domiciliares, inscrições no cadastro único e  oficinas, entre outros.

Comments are closed.

Powered by WordPress | Deadline Theme : An AWESEM design