Petrópolis é a única cidade da região com curso para formação de vigilantes

Mesmo sabendo dos riscos que a profissão está sujeita, algumas empresas da cidade cometem um grave erro no momento da contração de trabalhadores para a segurança. Ainda há quem pense que vigia e vigilante exercem a mesma função, mas a confusão pode custar caro e colocar em risco a vida não só dos funcionários, como a de clientes. Enquanto o vigilante é uma profissão reconhecida e regulamentada pelo Ministério do Trabalho e pela Polícia Federal, podendo até utilizar armas, dependendo da especialização,  o vigia trabalha irregularmente, sem qualquer curso ou preparo para lidar com uma situação de risco. Mas, o que pouca gente sabe, é que a profissionalização está ao alcance da maioria das pessoas e pode ser uma boa chance para quem está desempregado ou quer mudar de ramo.A exigência para se formar um vigilante é apenas ter idade mínima de 21 anos, ter estudado, pelo menos, até a quarta série do ensino fundamental e não possuir antecedentes criminais. O piso salarial da classe gira em torno de R$ 990, com seguro de vida, plano de saúde, cesta básica e vale refeição. No total, o custo para o curso varia entre R$ 300 e R$ 450. No ano passado, o mercado de trabalho de segurança privada cresceu cerca de 8% no país, segundo especialistas, mas este número deverá subir ainda mais com a proximidade da Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Toda segurança dos eventos deverá ser feita por empresas privadas que, por sua vez, deverão abrir vagas para contratação.

Por isso, a profissionalização e a especialização não só de vigilantes, como qualquer outra profissão é um diferencial para quem quer ser inserido no mercado de trabalho. Em Petrópolis, desde o ano passado, a cidade conta com o único curso de formação e reciclagem de vigilantes da Região Serrana, a Virtus, e pode ser uma opção para quem está desempregado. O curso procura indicar os recém formados para empresas que seguem as normas de contratação e estudantes conseguem sair empregados.

Um dos sócios da Virtus, que está instalada no bairro São Sebastião, próximo à praça principal, Rodrigo Ribas, explica que é exigido de boates, bancos e empresas a contratação de vigilantes e o mercado está a procura de mão de obra especializada, apesar de alguns estabelecimentos ainda insistirem na contratação de vigias. Além da formação de vigilantes, há também cursos de extensão em transporte de valores, extensão em escolta armada, extensão em segurança pessoal e extensão em equipamentos não letais, além de supervisor de segurança e agente de portaria.

- A oportunidade é boa para quem está desempregado. Um curso relativamente barato, com a profissão com um piso salarial bom. Para quem tem o curso para trabalhar em carro forte, por exemplo, o salário ainda pode chegar a mais de R$ 2,5 mil. E o curso de formação pode ser feito em 16 dias, com aulas de segunda-feira a sábado durante todo o dia, ou em 35 dias, com aulas apenas no período da noite – explicou ele.

O sócio ainda lembrou que Petrópolis é a primeira cidade do estado a ter uma escola autorizada para ministrar um curso para equipamentos não letais. Nele, os vigilantes aprendem como manusear granadas e sprays de pimenta, bastões de fumaça, projéteis de borracha, entre outros. Mas, segundo Ribas, este setor ainda não é muito explorado no país. No total, entre todos os cursos, cerca de 50 pessoas são formadas por mês no município.

 

Vigilantes da Petrobrás farão reciclagem em Petrópolis

Como a responsabilidade pela fiscalização da profissão é da Polícia Federal, o órgão exige que seja feita uma reciclagem dos trabalhadores a cada dois anos. Por causa disso, estatal Petrobras escolheu Petrópolis para reciclar seus 391 funcionários. A primeira turma deverá começar o curso já nesta segunda-feira (29), na Virtus. Eles terão revisão de conteúdo,  ou seja, os professores pegarão as matérias mais importantes dos cursos e eles estudarão novamente.

2 Comments

  1. Antonio disse:

    interessante!!! Parabéns!!!

  2. francisco carlos ferreira miguez disse:

    boa noite eu gostaria de informaçoes sobre o curso de vigilante,onde fica,documentos necessarios,valor e tudo mais.obrigado

Comments are now closed for this article.

Powered by WordPress | Deadline Theme : An AWESEM design